Artista Carmezia Emiliano - Carmézia Emiliano
Biografia Nome: Carmézia Emiliano
Data de Nascimento: 20.04.1960
Naturalidade: Maloca do Japó - Normandia - RORAIMA

Formação: a artista começou a pintar de maneira autodidata. Em setembro de 2006, fez workshops de pintura e desenho no Atelier MM, em Brasília (DF). Quando de sua viagem para receber o prêmio aquisição da Bienal Naïf do SESC Piracicaba, em setembro de 2006, teve sua obra avaliada pelos marchands Jacques Ardies e Roberto Rugiero e pelo crítico de arte Oscar D'Ambrosio. Ainda em setembro de 2006, recebeu orientações do consagrado artista naïf Waldomiro de Deus. O artista naïf Clóvis Júnior também orientou a artista, em 2008.

Exposições & Premiações
Participação, em Brasília, da mostra coletiva "Artistas Brasileiros - 2008", organizada pelo Senado Federal, em setembro de 2008;
Teve as duas obras enviadas para a Bienal Naïfs do Brasil 2008, promovida pelo SESC Piracicaba (SP), selecionadas para a mostra, sendo que uma delas ganhou menção honrosa;
Exposição coletiva "Descobrindo o Brasil Naïf", com acervo do MIAN - Museu Internacional de Arte Naïf, realizada no período de 11/05 a 13/06/2007, no Conjunto Cultural da Caixa Econômica Federal, em Brasília;
Exposição coletiva "Arte Feminina, Substantiva e Plural", realizada no Shopping CasaPark, em março/2007;
Exposição individual no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), outubro/novembro de 2006. Na ocasião, a pedido da assessoria de comunicação do Palácio, cedeu os direitos de uso de imagens de algumas de suas obras na intranet do órgão;
Exposição individual - "Parixara" - Memorial dos Povos Indígenas - Brasília (DF) - setembro/outubro 2006;
As duas obras enviadas pela artista à Bienal Naïfs do Brasil 2006 ganharam o prêmio aquisição e passaram a integrar o acervo do SESC SP;
Participação na exposição coletiva "Alma Brasileira: Uma mostra em homenagem ao talento muito peculiar dos artistas naïfs", realizada no shopping CasaPark, em Brasília (DF), em setembro de 2006;
Agraciada com o prêmio aquisição das duas obras (Parixara e Lenda do Monte Roraima) enviadas à Bienal Naïfs do Brasil, edição 2006, organizada pelo SESC Piracicaba (SP);
Participação na Mostra "Festa no Interior", realizada no shopping CasaPark de Design e Decoração, em Brasília, em junho/2006;
Obtenção do Prêmio de Notoriedade Cultural concedido pelo Governo do Estado de Roraima, em 2003;
Participação de mostra coletiva realizada no Paiol da Cultura, em Manaus/AM, em maio 2003;
Exposição individual na Fundação Pró-Roraima, em Boa Vista/RR, realizada em abril/2001;
Participação da coletiva em homenagem ao dia do pintor e do artista plástico, promovida pela Secretaria de Educação, Cultura e Desportos do Estado de Roraima, no período de 7 a 22/5/1999;
Participação da exposição coletiva "Arte Roraima" apresentada em fevereiro de 1998, no Shopping Boa Vista e no SESC/RR;
I Salão de Artes Visuais do SESC/RR, em 1996, onde obteve o terceiro lugar;
Exposição individual no SESC/RR, em julho/1996;
Agraciada com o Prêmio Buriti da Amazônia de Preservação do Meio Ambiente, em 1996, na categoria revelação.


Obras nos seguintes acervos/colecionadores:
Memorial dos Povos Indígenas - Brasília (DF)
SESC São Paulo (SP)
Museu Internacional de Arte Naïf - MIAN - Rio de Janeiro (RJ)
Oscar D'Ambrosio
Ziraldo
Joachim Zahn
Vladimir Carvalho
Senador Augusto Botelho


Fonte Arquivo da Artista