Ale Jordão

Ver todas as obras de Ale Jordão

Artista Ale Jordão
Biografia <div style="display:none">fiogf49gjkf0d</div>ALE JORDÃO NASCEU E VIVE EM SÃO PAULO. ESTUDOU NA FAAP NA SEGUNDA METADE DOS ANOS 90, COM SANDRA CINTO, DORA LONGO BAHIA, PAULO PASTA, FELIPE CHAIMOVICH, EDU BRANDAO, CARMELA GROSS E REGINA SILVEIRA E NELSON LEIRNER - PRINCIPAL REFERÊNCIA PARA O ARTISTA. ESTUDOU TAMBÉM NA DOMUS EM MILÃO, ESCOLA ORIGINÁRIA DA EXPERIÊNCIA DO DESIGN E ARQUITETURA PÓS-MODERNOS ITALIANOS DOS ANOS 70 E 80. JORDÃO INICIA A VIDA ARTÍSTICA PROFISSIONAL EM 2001 E AO LONGO DA CARREIRA VEM DEFININDO UM CORPO DE TRABALHO POTENTE E COMPLEXO, MATERIAL E CONCEITUALMENTE.

PARA JORDÃO, O OBJETO-OBRA NÃO É APENAS AQUILO QUE SOBRA DE UM PROCESSO CONSTRUTIVO, MAS ALGO QUE SE FORJA E RETÉM OS SIGNIFICADOS DOS MODOS DE CONSTRUIR, DEIXANDO-OS EXPLÍCITOS, COMUNICATIVOS, VIVOS NO OBJETO. A TECNOLOGIA E O DESIGN DIZEM MUITO SOBRE O RESULTADO MATERIAL E IMATERIAL QUE O ARTISTA DESEJA PRODUZIR. OS OBJETOS-OBRAS DE JORDÃO SÃO CONJUNTOS DE ELABORADAS PRODUÇÕES QUE PODEM ENVOLVER TECNOLOGIAS COMPLETAMENTE DISTINTAS, COMO A PRESENTE NA TELA EMOLDURADA COM MATERIAL DE BLINDAGEM (1) QUE RECEBE TIROS DE PISTOLA OU NOS MOVEIS FEITOS DE METAL RECICLADO DE FUSCA (2). OU AINDA AÇÕES DE MAPEAMENTO CONTÍNUO, COMO O PROJETO "BOKA LOKA", NO QUAL O ARTISTA COLA ADESIVOS (STICKER ART) EM VÁRIAS CIDADES PELO MUNDO TODO.

NÃO APENAS O OBJETO, MAS TAMBÉM O CONTEXTO ONDE ELE SE INSERE É IGUALMENTE IMPORTANTE PARA O ARTISTA E ESSE CONTEXTO É TAMBÉM PRODUTO DE INTENSA ELABORAÇÃO CONCEITUAL E PLÁSTICA. EM 2002 JORDÃO INICIA A PRODUÇÃO DE UMA SÉRIE DE OBJETOS CALIGRÁFICOS USANDO A LUZ DE NEON COMO SUPORTE. O LUMINOSO FOI APRESENTADO NUMA FESTA-HAPPENING - ENTENDIDA COMO MÍDIA ESPECÍFICA, MULTIDISCIPLINAR E INTERATIVA. TODO O APARATO QUE COMPÔS O EVENTO DA FESTA - CONVITES, LISTA DE CONVIDADOS, HOSTESS, DJ, DRINKS - BEM COMO A ESCOLHA DA LOCAÇÃO - CAFÉ PHOTO (3) - FORAM COMBINADOS DE MODO A CRIAR UM AMBIENTE ONDE A FRUIÇÃO DA ARTE PASSOU A SER PARTE NATURAL DE UM PROCESSO SOCIAL, UMA EXPERIÊNCIA VIVENCIAL, COLETIVA E TEMPORAL. A EXPERIÊNCIA SE DESDOBROU NUMA SÉRIE DE FESTAS-OBRAS, COMO A DO MERCADO MUNICIPAL (4) E A DO TOMIE OHTAKE (5).

CO-AUTOR DO PROJETO N.A.U. (6) , O ARTISTA ORGANIZA CONTEINERS NUMA TRAVESSA DA AVENIDA PAULISTA, ONDE APRESENTA - DENTRO E FORA DELES - UM CONJUNTO DE INSTALAÇÕES SUAS E DE OUTROS ARTISTAS QUE SURGEM, DE REPENTE, NUM LOCAL DE INTENSO TRÁFEGO POPULAR. AQUI, JORDÃO AVANÇA NA SUA INVESTIGAÇÃO SOBRE O CONTEXTO EM TORNO DO QUAL SÃO APRESENTADAS AS SUAS OBRAS, CONSTRUINDO UMA GALERIA TEMPORÁRIA, INTERVINDO NO ESPAÇO URBANO ATRAVÉS DE UMA CONSTRUÇÃO ARQUITETÔNICA E UM PROGRAMA DE ARTE.

PARA ALÉM DAS QUESTÕES DO OBJETO E DO CONTEXTO, AO LONGO DA SUA CARREIRA, O ARTISTA TORNA CADA VEZ MAIS EXPLÍCITO SEU INTERESSE PELA COLABORAÇÃO. JORDÃO TRABALHA EM ASSOCIAÇÃO COM DESIGNERS, ARQUITETOS, PRODUTORES DE EVENTOS E OUTROS ARTISTAS DESDE SUA PRIMEIRA EXPERIÊNCIA - O STUDIO MÃOS - CRIADO EM 2000. O PROCESSO COLABORATIVO SURGE COMO POTENCIALIZADOR DE SITUAÇÕES QUE ENVOLVEM A APRESENTAÇÃO DE SUAS OBRAS. A COLABORAÇÃO PERMITE AO ARTISTA EXPANDIR SEU CAMPO POÉTICO E DIALOGAR COM DIFERENTES DISCIPLINAS, ALÉM DE AMPLIAR A CAPACIDADE DE ELABORAÇÃO DAS SUAS APRESENTAÇÕES. ATRAVÉS DE INSTALAÇÕES COMPLEXAS, IMERSIVAS, MULTIDISCIPLINARES E TEMPORÁRIAS, O ARTISTA EXPLORA NOVAS DINÂMICAS NO RELACIONAMENTO COM O PÚBLICO E EXPANDE O ESPAÇO DA ARTE PARA ALÉM DAQUELES CONVENCIONAIS.

NO SEU RECENTE PROJETO "DESPEGO/TRASH AWAY" (7), O ARTISTA REFORÇA AS QUESTÕES QUE VEM INVESTIGANDO HÁ TEMPOS E PROPÕE UMA NOVA ABORDAGEM A EXPOSIÇÃO DE ARTE EM ESPAÇO PÚBLICO. "DESPEGO" É UMA INTERVENÇÃO PERMANENTE NO ESPAÇO PÚBLICO, UMA AÇÃO COLABORATIVA E UMA OBRA-SITUAÇÃO. OPERANDO COMO NUM ESPAÇO EXPOSITIVO AO AR LIVRE, JORDÃO COMISSIONA ARTISTAS A TRANSFORMAR DE TEMPOS EM TEMPOS, UMA EXTENSÃO DE MURO LOCADO NO CENTRO DA CIDADE, VIZINHO AO EDIFÍCIO COPAN, COM INSTALAÇÕES TEMPORÁRIAS, GRAFFITI E OUTRAS INTERVENÇÕES E VÁRIOS ARTISTAS. NUM DADO MOMENTO, JORDÃO APRESENTA TAMBÉM SUA INSTALAÇÃO, CONSTRUINDO COM OBJETOS VARIADOS DE ÉPOCAS VARIADAS UMA ESPÉCIE DE MOSTRA RETROSPECTIVA DE OBJETOS SEUS. NENHUMA REGRA DEFINE A PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO, QUE PODE VER OS OBJETOS PENDURADOS NO MURO, MEXER COM ELES E ATÉ MESMO LEVA-LOS PARA CASA. ASSIM COMO NA "EXPOSIÇÃO NÃO EXPOSIÇÃO" DE LEIRNER, NUMA CRÍTICA EXTREMA AO CONSUMISMO, JORDÃO SE DESPRENDE DE SEUS OBJETOS-OBRAS E TRANSFORMA O PROCESSO DA TRANSFERÊNCIA DE POSSE, NO MOTE DA EXPERIÊNCIA DO PÚBLICO.

1 OBJETO-OBRA DA SÉRIE "SEX & VIOLENCE", 2012 - OBJETOS-OBRAS PRODUZIDOS COM TECNOLOGIA E MATERIAIS USADOS NA INDÚSTRIA DA BLINDAGEM.

2 OBJETO-OBRA DA SÉRIE "CARS NEVER DIE" - OBJETOS DO COTIDIANO DO ARTISTA REPRODUZIDOS EM LATA MARTELADA DE CARROS DESMANCHADOS.

3 PIMP AND HO, HAPPENING-FESTA, CAFÉ PHOTO, SÃO PAULO.

4 BLACK MARKET, HAPPENING-FESTA, MERCADO MUNICIPAL, SÃO PAULO.

5 PAINT HOUSE, HAPPENING-FESTA, INSTITUTO TOMIE OHTAKE.

6 PROJETO N.A.U. - NÚCLEO DE ARTE URBANA, INSTALAÇÃO URBANA TEMPORÁRIA, AVENIDA PAULISTA, SÃO PAULO.

7 PROJETO "DESPEGO/TRASH AWAY", INSTALAÇÃO EFÊMERA REALIZADA DENTRO DO THE WALL RIDE PROJECT - INTERVENÇÃO URBANA PERMANENTE, CENTRO DE SÃO PAULO.

TEXTO: BAIXO RIBEIRO

CRONO

# 2002: PARTICIPOU DE WORKSHOP NO MUSEU DO LOUVRE E DE CONFERÊNCIA SOBRE IMPRESSIONISMO E PÓS-IMPRESSIONISMO NO MUSEU DORSAY, AMBOS EM PARIS. NO MESMO ANO, EXPÕEM NO IBRIT, EM MILÃO, E NAS GALERIAS PALAZZO MARGUTTA E PALAZZO BARBIERINI EM ROMA. GANHOU O PRÊMIO DE MELHOR CONCEITO DE ARTE CONTEMPORÂNEA BRASILEIRA E DE VOLTA AO BRASIL REALIZOU EXPOSIÇÃO NO MUBE - SP.

# 2004: CONVIDADO A PARTICIPAR DA CASA COR DE SÃO PAULO, NA QUAL FEZ PARTE POR 7 ANOS CONSECUTIVOS. NO ANO SEGUINTE, VOLTA A PARIS PARA MOSTRA NA GALERIE LAFAYETE E PASSA POR BRUXELAS, PARA EXPO BRUSSELS.

# 2007: CASA COR EUROPÉIA, EM ESTOCOLMO, ALÉM DO SALON SATÉLITE EM MILÃO.

# 2008: DURANTE A GREEN HOUSE, EXPÔS NA SUÉCIA INICIANDO UMA SÉRIE DE TRABALHOS INTITULADOS "A VACA". O TRABALHO SEGUE PARA O SALON DE LA SOCIETÉ NATIONALE DOS BEUX- ARTS, NO CARROUSSEL DU LOUVRE.

# 2009: MILAO, SUPER STUDIO PIU EM ABRIL. NO MESMO ANO EXPÕE A TELA "A VACA NO PASTO" NO GRAND PALLAIS NA FRANÇA, E ENCERRA 2009 APRESENTANDO ESCULTURA EXCLUSIVA PARA FIRMAR SUA SEGUNDA PARTICIPAÇÃO DO CARROUSEL DU LOUVRE.

# 2010: EXPOSIÇÃO DE FOTOS E COLAGENS NA ARTEXPO, EM NOVA YORK, ALÉM DA INSTALAÇÃO DE RELEITURA DA SANTA CEIA, EM MILÃO. 2010 TERMINA EM NOVEMBRO, MAIS UMA VEZ NO GRAND PALLAIS, COM A OBRA "CHICKEN TV".

# 2011: SUPER STUDIO PIU (MILÃO, IT), COM A INSTALAÇÃO "SEX & VIOLENCE". EM AGOSTO ORGANIZA UM COLETIVO COM OUTROS ARTISTAS E APRESENTA TRABALHOS EM ESPAÇOS COMO CARTEL 011 E MATILHA CULTURAL. AINDA EM SÃO PAULO, ALÊ JORDÃO FIRMA-SE TAMBÉM COMO IDEALIZADOR CULTURAL DE PROJETOS DE ARTE URBANA EM CONTAINERS MARÍTIMOS, REALIZANDO O N.A.U. (NÚCLEO DE ARTE URBANA) EM PLENA AVENIDA PAULISTA.

# 2012: O ANO COMEÇA COM A COLABORAÇÃO NA 3 MOSTRA SÃO PAULO DE FOTOGRAFIA, ATRAVÉS DA SÉRIE "PARAFOTOGRAFAR", SEGUIDO DE MILÃO COM A COMENTADA E RECONHECIDA COLEÇÃO "CARS NEVER DIE VW". NO SEGUNDO SEMESTRE, DUAS EXPOSIÇÕES EM IBIZA: MAISON DEL ELEPHANTS E NA ARTIC BLUE GALLERY. NOVEMBRO, PARIS - GRAND PALLAIS - COM O TRABALHO MY BAPE, QUE VIAJA EM SEGUIDA PARA MIAMI SOLO (MIAMI, USA) DURANTE O ART BASEL WEEK. O ANO TERMINA NO MUBE - SP - COM A EXPOSIÇÃO DA ESCULTURA CRISTO.

# 2013: EM ABRIL, VEM UMA NOVA VERSAO DE " CARS NEVER DIE V-MINI " EM PIAZZA DEI MERCANTI, MILANO. EM AGOSTO PARTICIPA DA EXPOSIÇÃO "ISTO É UMA MESA" NO MUSEU NACIONAL DO RIO DE JANEIRO. NO MES DE SETEMBRO, APRESENTA OS BEST SELLERS DE CARS NEVER DIE PARA O MERCADO NACIONAL, NUMA EXPOSIÇÃO NO RIO DE JANEIRO, NA MEMO GALERIA. ENCERRANDO 2013, PARTICIPA PELA PRIMEIRA VEZ EM NOVEMBRO, NA BIENAL DE FIRENZE, COM TRABALHO DE ESCULTURA.

# 2014: O ANO COMEÇA COM A BIENAL DE ROMA, ONDE O TRABALHO "NO CHAIR" FOI PREMIADO. TAMBÉM EM JANEIRO PARTICIPA DO THE WALL RIDE PROJECT, COM O CONCEITO " DESAPEGO / TRASH AWAY" EM SP. NO RIO DE JANEIRO PARTICIPA DA EXPOSIÇÃO "DO MODERNO AO CONTEMPORÂNEO" NO MUSEU HISTÓRICO NACIONAL. EM ABRIL, O ARTISTA SEGUE PARA MILAO, COM O TRABALHO DE INSTALAÇÃO CARS NEVER DIE V-3. DA ITALIA, SEGUE PARA MUNICH, PARTICIPANDO PELA 2ª VEZ DA STROKE ARTFAIR. EM SETEMBRO ART RIO / IDA, COM A SERIE "THE NEON TRAFFIC DEALER", APRESENTANDO EM SP, DURANTE A MADE EM NOVEMBRO, O MESMO PROJETO. NOVEMBRO FICA POR CONTA DA EXPO "IN&OUT", EM LOS ANGELES NA GALERIA THOMAS HAYERS.

#2015: EM FEVEREIRO ALÊ JORDÃO FAZ A EXPOSIÇÃO "SPECTRUM" PARA A CASA ELECTROLUX EM SÃO PAULO. EM MARÇO A EXPOSIÇÃO "PAIXÃO E COMPULSÃO" NA GALERIA GABINETE D, TAMBÉM EM SÃO PAULO. EM ABRIL MILÃO RECEBE "THE NEON TRAFFIC DEALER, VERSÃO OVERCONSUMISMO" NA UNIVERSITÀ DEGLI STUDI. PARTICIPA DA SP ARTE NA GALERIA CHOQUE CULTURAL. EM MAIO "SECRET LOVE" NO MON (MUSEU OSCAR NIEMEYER). EM JUNHO APRESENTA O PROJETO GIGANTPGRAPH NO S213. EM JULHO EXPÕE "PEJO/DESEJO/PEJO" NO MUSEU INIMÁ DE PAULA EM BELO HORIZONTE. EM AGOSTO PARTICIPA DA DWSP (DESIGN WEEKEND - SP) APRESENTANDO THE NEON TRAFFIC DEALER - SHOP.A.HOL.IC, OBRAS INÉDITAS EM NEON SOB CURADORIA DE BAIXO RIBEIRO, NA MADE - MERCADO ARTE E DESIGN DE WALDICK JATOBA E NA CARTEL 011 NA MOSTRA ZEITGEIST SOB CURADORIA DE RICARDO GAIOSA. A CONVITE DA UNIVERSIDADE DE BELAS ARTES, APRESENTA PALESTRA SOBRE ARTE+MODA/MODA+ARTE NO BADW (BELAS ARTES DESIGN WEEK). EM SETEMBRO PARTICIPA DA ARTE RIO - IDA COM A EXPOSIÇÃO THE NEON TRAFFIC DEALER - SHOPAHOLIC COM CURADORIA DE BAIXO RIBEIRO E ABRE A SEMANA DE ARTE COM A EXPOSIÇÃO LIGHT MY FIRE, COM CURADORIA DE MARCELO VASCONCELLOS E WALTON HOFFMAN NA BOLSA DE ARTE DO RIO DE JANEIRO. NO MÊS DE OUTUBRO INAUGURA O PROJETO METRÔ URBAN ART GALLERY A CONVITE DO METRÔ RIO, NA ESTAÇÃO GENERAL OSÓRIO - IPANEMA, APRESENTANDO A EXPOSIÇÃO GIGANTOGRAPH - CARS NAVAL - SUPERSTICKERS, COM COQUETEL DE ABERTURA EM 16.10, E QUE FICA EXPOSTA ATÉ DIA 16.11. CURADORIA DE BAIXO RIBEIRO E PRODUÇÃO DE SPRAY ART.
Fonte http://alejordao.com/ale.html
Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.