Logotipo
Atualizado : 05/12/2016 às 17:56:20
Usuários On-Line :  0213
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Eduardo de Sá
 
   
 
 
 
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 
Eduardo de Sá
(1866 - ? )
.


Texto do livro "Um Século de Pintura"
de Laudelino Freire
.


[Eduardo de Sá é] natural da cidade do Rio de Janeiro e nascido a 1º de abril de 1866. Iniciou a sua formação artística particularmente sob a direção de Vítor Meireles, matriculando-se em 1883 na Academia, onde também foi discípulo de J. Medeiros, Zeferino e Pedro Américo.

Fez o curso com brilho, tendo sempre boas notas nas aulas teóricas, e prêmios nas práticas. Logo no primeiro ano, obteve medalha de prata em desenho figurado. Em 1884, a pequena medalha de outro em pintura e medalha de prata em modelo vivo. Em 1885, a grande medalha de outo em pintura e a pequena, também de ouro, em modelo vivo.

Aperfeiçoou seus estudos na Europa, onde esteve várias vezes. Em Paris, estudou na Academia Julien, tendo sido aluno de Gustavo Boulanger e Jules Lefebvre.

Jamais concorreu às exposições oficiais. Fez, porém, quatro exposições suas, sendo a primeira em 1888, antes de seguir para a Europa. A última delas [foi] realizada em 1898, a que intitulou "Exposição da Arte Republicana".

É um dos nossos artistas de mais vasta e sólida cultura. Adepto das doutrinas filosóficas de Augusto Comte , a sua arte reveste-se de um cunho diverso da de outro qualquer.

COMTE (Augusto), filósofo francês (Montpellier, 1798 - Paris, 1857), fundador do positivismo. Seu Curso de filosofia positiva (1830-1842) é uma das obras capitais da filosofia do séc. XIX. Considerado fundador de uma nova ciência, a sociologia (cujo nome é de sua criação).
POSITIVISMO s.m. Filosofia sistematizada por Augusto Comte, que pretende que o espírito humano deve renunciar a conhecer a natureza das coisas e contentar-se com as verdades tiradas da observação e da experiência dos fenômenos. Fonte: Enciclopédia Koogan Houaiss.

A sua maior e mais escolhida produção inspira-se no sentimento de amor às coisas pátrias, ou no culto do bem. E dela se destacam os seguintes trabalhos: José Bonifácio, a fundação da Pátria, pertencente ao Conselho Municipal desta cidade; Tiradentes, a confirmação da sentença, pertencente ao Palácio da Presidência da República; Morte de Gonçalves Dias, no Ministério da Agricultura, na seção de proteção aos índios; Retrato de Benjamin Constant, na municipalidade de Assunção; Heloisa; Humanidade; e Rosália, colocados no altar-mor do Templo Positivista em Paris; Rosália oferecendo um filho à regeneração humana e Sofia, morte de Augusto Conte, na Capela Positivista do Rio de Janeiro; e Viuvez eterna, além de outros.

Na sua opinião, os nossos maiores pintores são: Agostinho da Mota, Vítor Meireles, Pedro Américo e Almeida Júnior.


Fonte : Pitoresco
 
25/02/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes