Artista Vanice Ayres Leite - Vanice Aires Leite
Biografia Vanice Ayres Leite
Nascida em Belo Horizonte, MG, em 11 de outubro de 1947, trabalhou inicialmente como professora primária, ensinando as crianças a ler.
Começou a dedicar-se totalmente à pintura em 1983 participando de muitos salões e coletivas por todo o Brasil. Em 1989 no Salão Bicentenário da Inconfidência, em Minas Gerais, ganhou o Prêmio Desenho e em 1992 teve sua primeira exposição no exterior, na Atrium Gallery , em Londres, Inglaterra.
O movimento da figura humana é o grande tema de Vanice ao abordá-lo, na dança e principalmente nas colheitas.
Seus bares e bailes com alegria contagiante, trabalhadores rurais integrados ao meio ambiente, os usos e costumes bem-humorados traçam um perfil do povo mineiro e brasileiro em cores predominantemente quentes e com expressões de rostos que mostram, acima de tudo, alegria de viver.
Utiliza a técnica peculiar do nanquim colorido sobre papel. A sua obsessão do preenchimento do vazio provoca composições minuciosas, repletas de detalhes sendo que as áreas coloridas são ainda enriquecidas por milhares de traços finos de nanquim, acrescentando assim efeitos de grande luminosidade.
Uma artista valiosa que está ganhando destaque e conquistando seu espaço no seleto grupo dos bons pintores naifs brasileiros.


fonte : Galeria Jacques Ardies jan/2011



--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Vanice Ayres Leite - (1947) - Mineira de Belo Horizonte, é graduada em desenho e artes gráficas pela Escola de Belas Artes da UF - MG. Participando de diversas coletivas, inclusive Bienais de pintura primitiva, recebeu premiações. Mestra em seu trabalho com nanquim, Vanice Ayres Leite oferece obras diferenciadas. Seus bares com alegria contagiante, trabalhadores rurais em integração ao meio e críticas sociais e de costumes bem - humoradas traçam um perfil do povo mineiro e brasileiro em cores predominantemente quentes e repletas de rostos que mostram, acima de tudo, alegria de viver, por mais difícil que a realidade se apresente. Sobre a sua obra assim se manifestou a premiada artista Yara Tupinambá: "... o movimento da figura humana é o grande tema de Vanice ao abordá-lo na dança, na colheita do milho e da cana, no trabalho do campo, em cenas de alegria e cor."


fonte : Tableau/2008
Fonte Tableau