Logotipo
Atualizado : 02/12/2016 às 17:01:05
Usuários On-Line :  0163
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Aderbal Moura
 
   
 
 
 
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 


Fonte: www.itaucultural.org.br/Galeria Bauhaus

Pintor e desenhista. Aderbal Moura (Feira de Santana BA 1945), em sua cidade natal, toma o primeiro contato com a arte ao se deparar com uma obra do pintor Raimundo de Oliveira, cuja família morava a um quarteirão de sua casa. Posteriormente, viaja para Salvador com o Grupo Teatral de Feira de Santana, com o objetivo de recolher doações para a construção de um teatro em Feira. Lá entra pela primeira vez em ateliês de artistas entre eles Genaro, Jenner Augusto, Caribé e José de Dome. Em 1970, vem para São Paulo e fixa residência em Santo André, a convite do amigo Chico Liberato. Nessa cidade, integra o movimento artístico local e abre uma escola de arte. Em paralelo, aperfeiçoa suas técnicas com Walter Levy, ilustra obras literárias de escritores como Carlos Drummond de Andrade, Paulo Mendes Campos, Miguel Jorge. Em 1972, realiza a primeira individual, em Belo Horizonte. A partir de 1974, passa a residir em São Paulo e participa do Grupo Guaianazes. Entre as exposições de que participa, destacam-se: Bienal Nacional de Artes Plásticas da Bahia, Salvador, 1966, Salão de Artes Plásticas de Pernambuco, Recife, 1980/1981/1984 (Prêmio Aquisição, 1980 e 1981); Salão Nacional de Artes Plásticas, Rio de Janeiro, 1980/1981; Salão Paulista de Artes Plásticas e Visuais, São Paulo, 1980/1981; Panorama da Arte Atual Brasileira, no MAM/SP, 1980. Participa dos seguintes eventos no Itaú Cultural: Mostra Coletiva, na Galeria Itaú Cultural, São Carlos e São Paulo, 1983; Mostra Individual, na Galeria Itaú Cultural, Ribeirão Preto, 1984.


NASCIMENTO
1945 - Feira de Santana BA

LOCAIS DE VIDA
1974 - São Paulo SP - Fixa residência

FORMAÇÃO
1970 - Santo André SP - Busca aperfeiçoar-se sob a influência de Ivald Granato e Walter Levy


ATIVIDADES EM ARTES VISUAIS
s.d.- São Paulo SP - Participa do Grupo Guaianazes

s.d.- Salvador BA - Acompanhado a grupo teatral de Feira de Santana, visita a capital baiana para recolher doações de artistas para um leilão para arrecadação de fundos para a construção de um teatro em Feira. Desta forma faz o primeiro contato com os ateliês de artistas como Genaro, Jenner Augusto, Caribé e José de Dome.

s.d.- Feira de Santana BA - Participa do movimento cultural em Feira de Santana. Colabora com desenhos em pasquins locais

1960 - Feira de Santana BA - Com quinze anos toma o primeira contato com a arte, ao deparar-se com uma obra do pintor Raimundo de Oliveira, cuja família morava próximo a sua residência.

1970/1981 - Santo André SP - Ilustrador de obras literárias, de escritores como Carlos Drumond de Andrade, Paulo Mendes Campos, Miguel Jorge, entre outros.

1970 - Santo André SP - Muda-se para esta cidade, a convite do artista e amigo Chico Liberato e integra-se ao movimento artístico local. Abre uma escola de Arte onde leciona.

1970 - São Caetano do Sul SP - Atua na Fundação de Artes de São Caetano.

ESCOLAS/MOVIMENTOS
Figurativo: Realismo Crítico

GÊNEROS/TENDÊNCIAS
Interiores, Composição com figuras


TEXTOS CRÍTICOS

"Tirante Jair Glass, Aderbal Moura é, provavelmente, o maior virtuose do desenho no grupo ´Guaianazes´. Sua mão se move com extrema fluência e naturalidade, e a facilidade com que ele parece trabalhar (e que é diametralmente oposta à luta pela criação com que Charbel escava dentro de si, procurando dar formas visíveis às suas sombras) faz com que sua fantasia não se torne trágica. Falando de sua produção mais antiga, a crítica destacava ´figuras intrigantes, pertubadoras, que mantêm um estranho diálogo entre si´ (Enock Sacramento, em abril de 86). Não as vejo hoje assim - e Aderbal também admite que ´Jair é mais dramático que eu´. Seu desenho (ou pintura sobre papel, porque a diferença é muito tênue) também tem muito de lúdico, às vezes trabalhando por cima de imagens clássicas que se tornam absolutamente irreconhecíveis, reduzidas a meros fundos, às vezes utilizando a sugestão de manchas aleatórias, d
 
18/02/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes