Logotipo
Atualizado : 07/12/2016 às 17:51:17
Usuários On-Line :  0243
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Martins de Porangaba - Jose Carlos de Porangaba Martins
Algumas Obras do artista...

                       
 
   
 
 
 
                             
veja mais...
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 
1944
Nasce em Porangaba, interior do Estado de São Paulo, no dia 20 de abril, filho de Felipe Martins e Olívia Alves Martins.

1946
Transfere-se para São Paulo, radicando-se em Itaquera, bairro da zona leste da cidade. Posteriormente, muda-se para Água Rasa e, em seguida, para o bairro do Belém, onde reside atualmente.

1957
Começa a trabalhar como aprendiz de marceneiro numa oficina especializada na produção de caixas para rádios e eletrolas, na Água Rasa. Permanece no emprego por dois anos. Na seqüência, trabalha em várias empresas, não permanecendo muito tempo em nenhuma delas.

1962
Faz sua primeira pintura.

1963
Casa-se pela primeira vez.

1967
Ingressa no curso noturno da Associação Paulista de Belas Artes, em São Paulo, SP.

1970
Começa a freqüentar as sessões de modelo vivo da Associação Paulista de Belas Artes. Nessas sessões, conhece Menacho e Mário Zanini.

1972
Passa a sair, nos fins de semana, com Menacho para pintar paisagens da zona leste de São Paulo e de outros locais.

1974
Separa-se da primeira mulher.

1976
Monta ateliê na rua Herval, 1.379, no Belém, onde orienta um grupo de alunos. Paralelamente, torna-se professor da Escola Brasileira de Desenho, no Brás. A partir de então amplia sua atividade didática em outras escolas de arte de São Paulo e da região industrial do ABC paulista.
Primeira exposição individual, Livraria Brasiliense, São Paulo, SP.

1977
Exposição coletiva do Centenário de São Caetano do Sul, SP.
Promove exposição de trabalhos de seus alunos na Galeria Século XXI, em São Paulo, SP.
Exposição coletiva de gravuras, São Caetano do Sul, SP.

1978
Exposição de Projetos para Mural da Biblioteca Cecília Meireles - Artes Plásticas 78 - Centro Cívico de Santo André, SP.

1979
Exposição individual na Livraria Kairós, São Paulo, SP.
Salão da Associação Paulista de Belas Artes, São Paulo. Menção Honrosa.
Morre seu pai, Felipe Martins.
Casa-se com Helena.
Monta ateliê na rua Saturnino de Brito, 499, no bairro do Belém, em São Paulo, SP.
Inicia a série "Macunaíma".

1980
Exposição "Martins e Garibaldi", Centro Cívico de Santo André, SP.
Exposição coletiva na Associação Paulista de Belas Artes, São Paulo, SP. Medalha de Bronze.
Porangaba ingressa na Escola Panamericana de Arte como professor titular do curso de pintura.
Nasce seu filho Felipe.

1981
Exposição individual no Centro Cívico de Santo André, SP.
Exposição individual na Galeria Cultura, São Paulo, SP.
XIV Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba, SP. Prêmio Aquisição.
II Salão de Artes Plásticas de Marília, SP. Primeiro Prêmio.
XVII Salão de Artes Plásticas do Embu, SP. Medalha de Bronze.
Salão da Associação Paulista de Belas Artes, São Paulo, SP. Rosa de Bronze.

1982
Exposição individual no Museu de Arte Contemporânea de Campinas, SP.
Exposição individual na Escola Municipal Almeida Júnior, como parte do
Exposição individual na Galeria Macunaíma, da FUNARTE, Rio de Janeiro, RJ.
Exposição individual no Espaço Cultural Sanbra, São Paulo, SP.
Exposição individual na Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
Festival de Verão de Guarujá, SP.
II Salão de Artes Visuais de Rio Claro, SP. Prêmio Aquisição.
I Salão Paulista de Arte Contemporânea, São Paulo, SP. Prêmio Aquisição.
Prêmio "Revelação do Ano", concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte - APCA

1983
Exposição individual no Centro Cívico de Santo André, SP.
Exposição coletiva na Oscar Seraphico Galeria de Arte, Brasília, DF.
XI Salão de Arte Contemporânea de Santo André, SP. Prêmio Aquisição.
"Revelação Nacional do Ano", Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, RJ.
Medalha Ciccilo Matarazzo, conferida pelo Centro Cultural Francisco Matarazzo Sobrinho como um dos Destaques do Ano.
Publicação de uma série de obras de sua autoria no livro "Visão de São Paulo", TELESP, São Paulo, SP.

1984
Exposição individual na Art Gallery of the Brazilian-American Cultural Institute, Washington, EUA.
Exposição individual na Tema Arte Contemporânea, São Paulo.
Coletiva de Verão na Kouros Gallery, Nova York, EUA.
XII Salão de Arte Contemporânea de Santo André, SP. Prêmio Aquisição.

1985
Exposição na Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
Salão de Inverno, Espelho d Água, Lisboa, Portugal. Medalha de Ouro.

1986
Exposição individual na Oscar Seraphico Galeria de Arte, Brasília, DF.
Exposição coletiva na Ranulpho Galeria de Arte, Recife, PE.
Exposição coletiva "Arte Contemporânea Brasileira", Curtis Hixon Convention Center, Tampa, Flórida, USA. Medalha de Ouro.

1987
Exposição individual na Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
Exposition dArt Contemporain, Pont Barla, Nice, França. Primeiro Prêmio de Pintura.

1988
Exposição individual na Oscar Seraphico Galeria de Arte, Brasília, DF.
Exposição individual no Yutaka Sanematsu Escritório de Arte, São Paulo, SP.
Lançamento do livro "Martins de Porangaba", de autoria de Enock Sacramento, com coordenação editorial de Yutaka Sanematsu Escritório de Arte, São Paulo, SP.
Exposição coletiva na Oscar Seraphico Galeria de Arte, Brasília, DF.

1990
Exposição individual na Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.

1991
Exposição individual no Lygia Jafet Bureau dArt , São Paulo, SP, com realização do documentário em vídeo "Martins de Porangaba", dirigido por José Neistein, com texto de Enock Sacramento e José Neistein.
Exposição coletiva na Ranulpho Galeria de Arte, São Paulo, SP.
Exposição coletiva "Artes Ibero-Americanas", Art Museum of the Americas Gallery, Washington, EUA.
Exposição coletiva, Universidade da Filadélfia, EUA.
Exposição coletiva, Brazilian-American Cultural Institute, Washington, EUA.

1992
Monta ateliê na cidade de Porangaba onde fixa residência.
Doa obras para a Prefeitura e Fórum DIstrital de Porangaba.

1993
Exposição individual na Art Gallery of the Brazilian-American Cultural Institute, Washington, EUA.

1994
Exposição individual no Caribé Escritório de Arte, São Paulo, SP.
Exposição individual no Stúdio La Seca, Barcelona, Espanha.
Porangaba visita Paris.

1995
Nasce Ana Carolina, primeira neta de Porangaba.

1997
Exposição individual no Paço Municipal de Porangaba, SP em comemoração aos 69 anos de emancipação política do município.

1998
Exposição individual na Galeria Elizabeth Nasser, Uberlândia, MG.

1999
Exposição individual na Galeria da Fundação Cultural de Uberaba, MG.
Exposição no Museu Histórico de Araxá "Dona Beja", Araxá, MG.
Exposição individual no Palácio das Artes, Belo Horizonte, MG.
Exposição individual "Porangaba Anos 70" no Espaço de Artes Unicid, São Paulo, SP.
Participa como voluntário do projeto de humanização dos hospitais "Programa Integração Hospital Comunidade - Convalescência pela Arte", do Hospital Ipiranga, SP.


2000
Exposição individual na Paulo Prado Galeria de Arte, São Paulo, SP.
Exposição coletiva "Brazilian Artists", Universidade do Arizona, Phoenix, Tempa, USA.
Exposição coletiva "Brazilian Artists in the Washingtons Collections", Meridian International Center, Washington, USA.

2001
Exposição individual "Porangaba Anos 70" no Espaço Cultural UNICID, São Paulo, SP.
A Escola de Samba Unidos da Vila, de Porangaba, SP, desfila no carnaval da cidade tendo como enredo a vida e a obra de Martins de Porangaba.
Volta a morar em São Paulo.
Nasce Ana Luiza, segunda neta de Porangaba.

2002
Remisen Brande 2002 - X International Workshop, Brande, Dinamarca.
Exposição individual "O Circo" na Paulo Prado Galeria de Arte, São Paulo, SP.
A Galeria Kulturremisem em Brande, começa a trabalhar com Porangaba.

2003
Exposição individual "O Circo" no Brazilian-American Cultural Institute, Washington, DC, EUA.
Exposição individual "São Paulo Zona Leste" no Espaço Cultural São Marcos, São Paulo, SP.
Participa com uma pintura do calendário Brande Kommune - Kalender 2003 - Dinamarca.
Inicia curso de tango com a Profa. Carolina Udovico e com o Prof. Omar Fortes na Academia Tango Baile, São Paulo, SP, permanecendo nela por quatro anos.
Viaja a Buenos Aires para conhecer os redutos do tango argentino.
Inicia a série de pinturas "Tango".

2004
Criação do "Instituto Cultural Martins de Porangaba", São Paulo, SP.
Exposição individual "São Paulo Zona Leste" na Universidade São Marcos, Unidade Firmino Matias Lúcio, São Paulo, SP.
2005
Participa do XIII International Workshop, Remisen Brande 2005, Dinamarca.
Inicia a série de pinturas "A Donzela e o Lobisomem".

2006
Participa da I Bienal da Aquarela Brasileira em Portugal, na Galeria Municipal de Arte de Abrantes, Portugal.
Participa do I Workshop Internacional de Artes Visuais, SESC, São Paulo, SP.
Exposição coletiva "Art in Golf" no Espaço Cultural Blue Life, São Paulo, SP.
Exposição coletiva, Central Michigan University, EUA.
Florent Mailly e Carolina Udovico passam a representar e expõe obras de Porangaba em Dijon, França.

2007
Participa do II Workshop Internacional de Artes Visuais, Cultural Blue Life, São Paulo.

2008
Exposição individual na Galleriartes, Dinamarca.
Exposição individual, São Paulo, SP, com lançamento do livro "Martins de Porangaba - 45 Anos de Pintura", de autoria de Enock Sacramento, na Academia Brasileira de Arte, Cultura e História.


EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

1976 Livraria Brasiliense, São Paulo, SP.
1979 Livraria Kairoz, São Paulo, SP.
1980 Centro Cívico Santo André, Santo André, SP.
1981 Espaço Cultural Sanbra, Centro Empresarial de São Paulo, São Paulo, SP.
Centro Cívico Santo André, Santo André, SP.
1982 Museu de Arte Contemporânea de Campinas, SP.
Escola Municipal Almeida Júnior, como parte do Festival de Verão do Guarujá, SP.
Galeria Macunaíma, FUNARTE - Rio de Janeiro, RJ.
Espaço Cultural Sanbra, Centro Empresarial de São Paulo, São Paulo, SP.
Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
1983 Brazilian-American Cultural Institute, Washington, DC.
1984 TEMA Arte Contemporânea - Sào Paulo, SP
1985 Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
1986 Galeria Oscar Seráphico, Brasília, DF
1987 Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
1988 Galeria Oscar Seráphico, Brasília, DF.
Yutaka Sanematsu Escritório de Arte, com lançamento do livro "Martins de Porangaba" de autoria de Enock Sacramento - São Paulo, SP.
1990 Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
1991 Lygia Jafet Bureau DArt- São Paulo, SP, com realização do documentário em vídeo "Martins de Porangaba", dirigido por José Neistein, com texto de Enock Sacramento e José Neistein.
1992 Universidade da Pensilvânia - Filadélfia, USA.
1993 Brazilian-American Cultural Institute, Washington, DC.
1994 "Caribe - Escritório de Arte", São Paulo, SP; Stúdio La Seca - Barcelona, Espanha
1998/1999 Galeria Elizabeth Nasser - Uberlândia, MG. Grande Galeria do Palácio das Artes, Belo Horizonte, MG. Galeria da Fundação Cultural de Uberaba, MG. Museu Histórico de Araxá "Dona Beja", MG.
2001 Espaço Cultural UNICID, São Paulo, SP
2002 Galeria Paulo Prado, São Paulo, SP.
2003 Brazilian-American Cultural Institute, Washington, DC
2004 Espaço Cultural São Marcos, São Paulo, SP.
2006 Central Michigan University.


EXPOSIÇÕES COLETIVAS]

1977 Exposição do Centenário de São Caetano do Sul, SP. Coletiva do Ateliê J.Martins, Galeria Século XXI - SP. Coletivas (duas) de gravuras em São Caetano do Sul, SP.
1978 Exposição de Projetos para Mural "Artes Plásticas 78", Centro Cívico de Santo André, SP.
1980 "Artistas Brasileiros", Tokuyama, Japão.
1983 Galeria Oscar Seráphico, Brasília, DF.
1984 "Coletiva de Verão", Kouros Gallery, New York, USA.
1985 "Salão de Inverno Espelho dÁgua", Lisboa, Portugal.
1986 Ranulpho Galeria de Arte, Recife, PE; "Exposição de Arte Contemporânea Brasileira", Curtis Hixon Convention Center, Tampa, Flórida, USA.
1991 Ranulpho Galeria de Arte -São Paulo, SP. "Exposição de Artes Ibero Americanas", Art Museum of the Americas Gallery, Washington, USA.
2000 "Brazilian Artists", Universidade do Arizona, Phoenix,Tempa, USA.
2000 "Brazilian Artists in the Washingtons Collections", Meridian International Center,Washington, USA.
2002 100 International Workshop, Brande, Dinamarca.
2003 County of Ringkobing, Dinamarca.
2005 130 International Workshop, Brande, Dinamarca.


PRÊMIOS

1979 Menção Honrosa, "Salão da Associação Paulista de Belas Artes";
1980 Medalha de Bronze, "Salão da Associação Paulista de Belas Artes";
1981 Prêmio Aquisição, "Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba", SP; Medalha
de Bronze "XVII Salão de Artes Plásticas do Embu", SP; Primeiro Prêmio, "II Salão de Artes Plásticas de Marília, SP; rosa de Bronze, "Salão da Associação Paulista de Belas Artes", São Paulo, SP;
1982 Prêmio Aquisição, "II Salão de Artes Visuais de Rio Claro", SP; Prêmio Aquisição,
"I Salão Paulista de Arte Contemporânea", SP; Concorreu com mais de 200 artistas ficando enrte os 13 selecionados pra expor individualmente na Galeria Macunaíma da, FUNARTE, RJ
1983 Prêmio Aquisição, "XI Salão de Arte Contemporânea de Santo André, SP;
1984 Prêmio Aquisição, "XII Salão de Arte Contemporânea de Santo André, SP;
1984 Medalha de Ouro "Salão de Inverno, Espelho dÁgua", Lisboa, Portugal;
1986 Medalha de Ouro, "I Exposição de Arte Contemporânea Brasileira", Curtis Hixon Convention Hall Tampa, Flórida;
1987 Medalha de Ouro, "Exposition dArt Contemporaine Point Barla", Nice, França.


DESTAQUES

1982 "Revelação do Ano", "Associação Paulista dos Críticos de Arte", São Paulo,SP;
1983 "Revelação Nacional do Ano", "Jornal do Comércio", Rio de janeiro, RJ; Medalha Cicillo Matarazzo, conferida "Centro Cultural Francisco Matarazzo Sobrinho", como um dos Destaques do Ano, São Paulo, SP;
2002 Participação no 100 International Workshop, Brande, Dinamarca.
2005 Participação no 130 International Workshop, Brande, Dinamarca.
Sua obra está representada em numerosas instituições tais como a Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de Campinas, Centro Cívico de Sato André, Divisão de Museus e Arquivos Históricos de Taubaté. Pinacoteca Sambra, Pinacoteca da Prefeitura de Piracicaba, Pinacoteca do Brazilian-American Cultural Institute, Spor 1 Gallery Remisen Brande Dinamarca, Fórum Distrital de Porangaba e em numerosas coleções particulares no Brasil, Alemanha, China, Espanha, França, Inglaterra, Panamá, Portugal, Suíça, EUA, Venezuela, Dinamarca.

Escreveram sobre a obra de Martins de Porangaba os críticos Dominique Edouard Beachler, Enock Sacramento, Ivo Zanini, Jacob Klintowits, José Neistein e Walmir Ayala.

fonte : Site do Artista em Dez/2010



---------------------------------------------------------------------------------------------------------
José Carlos de Porangaba Martins - (1944)



Pintor, desenhista, gravador José Carlos de Porangaba Martins nasceu em Porangada, interior paulista. Conhecido por Martins de Porangaba, fixou residência em São Paulo, onde cursou desenho, pintura e modelo vivo na Associação Paulista de Belas Artes, entre 1967 e 1970. Na década de 70, estudou gravura com Paulo Mentem e modelagem com Olinda Dalma. Fundou o Atelier J. Martins, em 1972. Em 1980, lecionou pintura na Escola Panamericana de Artes. Últimas mostras: Entre as exposições de que participou, destacaram-se: Salão da Associação Paulista de Belas Artes, São Paulo, 1971/1981 (Menção Honrosa, 1979, Medalha de Bronze,1980, Rosa de Bronze,1981); IV e V Salão Nacional de Artes Plásticas, Rio de Janeiro, 1981/1982; Martins de Porangaba, no Brazilian-American Cultural Institute, Washington (Estados Unidos), 1983; Exposição de Artes Ibero-Americanas, no Art Museum of the Americas Gallery, Washington (Estados Unidos), 1991.

Fonte : Pró Arte em 2007
 
Fonte: cda - 05/07/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes