Logotipo
Atualizado : 02/12/2016 às 17:01:05
Usuários On-Line :  0314
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Aloisio Barbosa Magalhaes - Aloisio Magalhaes
Algumas Obras do artista...

                             
 
   
 
 
 
                       
veja mais...
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 
MAGALHÃES, Aloísio
(1927, Recife, PE - 1982, Pádua, Itália)

Formado em Direito no Recife, desde cedo dedicou-se ao desenho. Ainda no Recife, participou da fundação do ateliê O Gráfico Amador. Em 1951, na França, estudou gravura com Stanley Hayter. Cinco anos depois seguiu para a Filadélfia (EUA), onde passou a desenvolver experiências em artes gráficas e programação visual. Radicado no Rio de Janeiro, em 1960 inaugurou seu escritório, passando a desenvolver um trabalho pioneiro no campo da comunicação visual brasileira. Em 1968 idealizou o desenho das novas cédulas de papel-moeda e participou da criação da Escola Superior de Desenho Industrial. Em Brasília, fundou em 1975 o Centro Nacional de Referência Cultural. Em 1979 foi nomeado Secretário do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Criou a Fundação Pró-Memória, e exerceu o cargo de Secretário da Cultura do Ministério da Educação e Cultura (1980). Participou da Bienal de São Paulo (1953, 1955, 1961) e da Bienal de Veneza (1960). Entre as várias exposições coletivas em que sua obra esteve presente, cumpre destacar a Mostra Internacional de Design: Design, Método e Industrialismo, no Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, em 1998, nesse mesmo ano apresentada também no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista.

Referências: História geral da arte no Brasil (Instituto Walther Moreira Salles/Fundação Djalma Guimarães, 1983), coordenação de Walter Zanini; Aloísio Magalhães: interlocução de Félix de Athayde (1983); Cronologia das artes plásticas no Rio de Janeiro: 1816-1994 (Topbooks, 1995), de Frederico Morais; O olho da consciência: juízos críticos e obras desajuizadas (Edusp, 2000), de Arnaldo Pedroso dHorta, organização de Vera dHorta; Uma introdução à história do design (Edgard Blücher, 2000), de Rafael Cardoso Denis.
______________________________________________________

Nascimento/Morte

1927 - Recife PE - 5 de novembro

1982 - Pádua (Itália) - 13 de junho

Formação

1946 /1950 - Recife PE - Forma-se em Direito na UFPE

1951/1953 - Paris (França) - Freqüenta curso de museologia na Escola do Museu do Louvre. Estuda com o gravador inglês Stanley William Hayter (1901 - 1988), no Atelier 17

Cronologia

Pintor, designer, gravador, cenógrafo, figurinista



s.d. - Filadélfia (Estados Unidos) - Recebe três medalhas de ouro do Art Directors Club of Philadeplhia, pela edição de Doorway to Portuguese, com o gráfico Eugene Feldman

s.d. - Recife PE - Realiza roteiro, projeto e assessoria à produção do Museu do Açúcar, além de organizar a sala O Açúcar e o Homem

s.d. - São Paulo SP - Recebe o primeiro prêmio no concurso para a escolha do símbolo da Fundação Bienal de São Paulo

1946/1951 - Pernambuco - É cenógrafo e figurinista do Teatro do Estudante de Pernambuco - TEP

1951/1953 - Paris (França) - Viaja com bolsa de estudo oferecida pelo governo francês

1953/1960 - Recife PE - Iniciando-se principalmente na pintura, desenvolve também atividade de pesquisa no domínio da tipografia e das artes gráficas

1954 - Recife PE - Funda a oficina tipográfica experimental O Gráfico Amador, com Gastão de Holanda (1919 - 1997), Orlando da Costa Ferreira (1915 - 1975) e José Laurenio de Melo

1956 - Estados Unidos - Viaja a estudos

1956 - Filadélfia (Estados Unidos) - Torna-se professor do Philadelphia Museum School of Art

1957/1959 - Filadélfia (Estados Unidos) - Publica com o gravador Eugene Feldman os livros Doorway to Portuguese e Doorway to Brasília, pela The Falcon Press

1958 - Recife PE - Leciona cenografia na Escola de Belas Artes da UFPE

1960 - Rio de Janeiro RJ - Dedica-se a comunicação visual, mantendo o escritório PVDI - Programação Visual Desenho Industrial Ltda.

1960 - Rio de Janeiro RJ - Vive nessa cidade

1962 - Rio de Janeiro RJ - Participa da criação de um núcleo de tipografia no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM/RJ, com Alexandre Wollner (1928) e Goebel Weyne

1963 - Rio de Janeiro RJ - Torna-se professor de comunicação visual na Escola Superior de Desenho Industrial - ESDI, além de ter colaborado para a sua fundação

1964 - Rio de Janeiro RJ - Recebe o primeiro prêmio no concurso para a escolha do símbolo do 4º Centenário do Rio de Janeiro

1968 - Recebe o primeiro prêmio em concurso de cédulas brasileiras (Cruzeiro Novo)

1971 - Rio de Janeiro RJ - Recebe o primeiro prêmio no concurso para a escolha do símbolo do Sesquincentenário da Independência

1975/1980 - Brasília DF - Funda e coordena o projeto do Centro Nacional de Referência Cultural

1976 - Coordenador do grupo de trabalho Banco Central/Casa da Moeda, para elaboração do novo padrão monetário

1976/1980 - Brasília DF - É membro do Conselho de Cultura do Distrito Federal

1979 - Brasília DF - Nomeado diretor do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN e presidente da Fundação Nacional Pró-Memória

1980 - É presidente do Conselho Administrativo da Fundação Raymundo Ottoni de Castro Maya

1981 - Brasília DF - É secretário da Cultura do Ministério da Educação e Cultura

1981 - Sydney (Austrália) - É vice-presidente do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco

1981/1982 - É membro do Bureau do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco

1981/1982 - É membro do Conselho Superior da Fundação Brasileira para Conservação da Natureza

1982/1997 - Recife PE - Em 1982 a Galeria Metropolitana de Arte do Recife em homenagem ao artista passa a denominar-se Galeria Metropolitana de Arte Aloísio Magalhães. Em 1997 o nome da instituição é alterado para Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães

1985 - Rio de Janeiro RJ - É publicado o livro E Triunfo? A questão dos bens culturais no Brasil, pela Editora Nova Fronteira, reunião de discursos, ensaios e conferências de Aloísio Magalhães sobre política cultural


Atualizado em 27/10/2005
 
Fonte: Catalogo das Artes - 21/08/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes