Logotipo
Atualizado : 10/12/2016 às 13:54:03
Usuários On-Line :  0181
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Giuseppe Santomaso
Algumas Obras do artista...

     
 
   
 
 
 
veja mais...
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 
Santomaso, Giuseppe
Veneza, Itália , 1907
Veneza, Itália, 1990

Um dos artistas mais expressionistas do abstracionismo italiano na década de 1950, Santomaso colaborou para a inovação do cenário artístico da época, participando dos principais grupos de pintura moderna de seu país. Integrante do Gruppo Degli Otto Pittori Italiani, ao lado de artistas como Emílio Vedova, Renato Birolli e Giulio Turcato, questionou a tradição estética figurativa, realizando uma arte inovadora e internacional, ligada diretamente à capital cultural, Paris.
Formado na Academia de Belas-Artes de Veneza, tem sua primeira exposição em 1926. Optando pela Arte Figurativa, realiza, nesta época, principalmente naturezas mortas e paisagens. Seu estilo começa a se transformar profundamente a partir de 1937, quando vai para Paris, onde tem contato direto com as obras expressionistas de Van Gogh, além de descobrir os artistas cubistas Georges Braque e Pablo Picasso. Embora seja influenciado pelas vanguardas internacionais, dialoga sempre com a Itália e permanece ligado aos movimentos de seu país de origem, participando, em 1938, do grupo anti-fascista Corrente - oposição ferrenha ao Novecento italiano. Neste grupo, estabelece contato com os artistas que iriam integrar o Fronte Nuovo Delle Arti, em 1946, e o Gruppo Degli Otto Pittori Italiani, em 1952, dos quais também seria integrante.
Com o final da Segunda Guerra e especialmente na década de 1950, Santomaso mergulha na arte abstrata, destacando-se pela pintura espontânea, embora submetida a um planejamento lógico. A originalidade de sua obra está na rápida execução dos traços, no uso das cores explosivas e na criação de paisagens imaginárias. Seu Abstracionismo tem, além da influência pós-cubista, vestígios do Surrealismo, resultado de sua experiência junto aos surrealistas na capital francesa; especificamente junto ao poeta Paul Éluard, em 1945, quando ilustra um de seus livros, Grand Air (Grande Ar). Mas, mesmo no auge do automatismo, o artista mantém a preocupação em planejar e direcionar as imagens inconscientes, sempre buscando o equilíbrio entre intencionalidade e improviso. Na década de 1960, Santomaso segue por uma vertente concreta, mais geométrica e menos espontânea, perdendo o informalismo e se impondo maior rigor plástico.
Embora pouco lembrado atualmente, a importância histórica deste artista é fundamental para a compreensão dos rumos da arte do pós-guerra. Não apenas a presença em grupos relevantes, mas também as participações nas grandes bienais, comprovam o papel que desempenhou no período: obteve o Primeiro Prêmio de Pintura Italiana na Bienal de Veneza de 1954 e o segundo prêmio na Bienal de São Paulo de 1953, da qual também fez parte em 1961, entre outras premiações.

Carolina Amaral de Aguiar
Daisy Peccinini

FONTE : MAC/SP
 
24/02/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes