Logotipo
Atualizado : 09/12/2016 às 16:53:38
Usuários On-Line :  0275
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Celso Antônio - Celso Antônio de Menezes
Algumas Obras do artista...

           
 
   
 
 
 
veja mais...
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 
Antônio, Celso (1896 - 1984)



Celso Antônio de Menezes (Caxias MA 1896 - Rio de Janeiro RJ 1984). Escultor, pintor e professor. Estuda na Enba e também freqüenta o ateliê de Rodolfo Bernardelli, no Rio de Janeiro. Com a obra Primeira Mágoa, nome atribuído por Coelho Neto, ganha bolsa do governo maranhense para estudar em Paris, durante os anos de 1924 a 1926. Torna-se aluno do escultor Antoine Bourdelle. Ainda nesse período entra em contato com artistas brasileiros do primeiro momento modernista, como Di Cavalcanti, Anita Malfatti e Victor Brecheret. Nos anos em que reside em São Paulo, executa o Monumento ao Café, em Campinas, e o Monumento Funerário do Presidente Carlos de Campos, no Cemitério da Consolação, em São Paulo. Em 1931, trabalha na decoração do novo edifício do Ministério da Cultura - atual Palácio da Cultura -, a convite do ministro Gustavo Capanema. Nas décadas de 30 e 40, Celso Antônio volta-se para uma iconografia dos tipos raciais brasileiros e recebe diversas encomendas oficiais, entre elas a polêmica obra O Trabalhador Brasileiro, feita para o Ministério do Trabalho, e que atualmente se encontra no Parque Monteiro Lobato em Niterói. A convite de Lúcio Costa, em 1931, passa a lecionar na Enba do Rio de Janeiro, e em 1934 no Instituto de Artes da antiga Universidade do Distrito Federal. Entre os anos de 1916 a 1931, expõe espaçadamente no Salão Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, e obtém menção honrosa em 1918.


Atualizado em 22/02/2005
fonte : Itaú Cultural
 
20/02/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes