Logotipo
Atualizado : 09/12/2016 às 16:53:38
Usuários On-Line :  0205
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Barbara Hepworth
 
   
 
   
 
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 
Hepworth, Barbara
Wakefield, Yorkshire, Inglaterra, 1903
Saint Ives, Cornwall, Inglaterra, 1975

Contemporânea e amiga de Henri Moore desde que estudaram na Escola de Arte de Leeds, sua primeira fase, ainda com fortes referência à natureza, foi influenciada pelo escultor Jonh Skeaping, seu primeiro marido. Viveu por três anos na Itália (de 1924 a 26) desenvolvendo um trabalho de esculturas em madeira, pedra e metal. No princípio dos anos 1930, viveu na França, sofrendo influência das obras de Brancusi, Mondrian e Arp, perceptível na abstratização e na simplificação de seus trabalhos. Participou, em 1933, dos movimentos de arte abstrata Abstraction -Création, em Paris. Nesses anos, Hepworth, seu segundo marido Ben Nicholson e Henri Moore constituíam o núcleo do movimento abstrato na Inglaterra. Moore, em 1953, recebeu o Grande Prêmio Internacional da II Bienal de São Paulo e Hepworth recebeu esse Prêmio em 1955, na IV Bienal.
Hepworth, a partir da década de 1940, concentrou suas preocupações formais nas relações entre espaços internos e exterior, apaixonada pela forma pura no espaço, sem qualquer conotação orgânica. "Não só meus olhos como todo o meu corpo estão acostumados demais a procurar sempre a perfeição das linhas", declarou ela a um jornalista, pouco antes de sua trágica morte, em um incêndio em seu ateliê.
No início da carreira, Hepworth atraiu várias vezes a crítica feroz dos conservadores. Quando sua escultura geométrica Crucificação foi colocado no claustro da catedral de Salisbury, iniciou-se uma campanha para a remoção da peça, que acabou sendo escondida do público. E quando ela estava expondo ao ar livre em Kenwood, Hampstead, próximo de Londres, jogaram suas esculturas num lago. Seu trabalho pode ser visto em lugares públicos por toda a Inglaterra. Internacionalmente, sua peça mais conhecida é uma escultura - Forma Única, 1963 - de seis metros de altura, um memorial a Dag Hammarskjold no Edifício das Nações Unidas, em Nova York.

Gabriela Suzana Wilder
Julio Meiron/Mac
 
19/02/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes