Logotipo
Atualizado : 09/12/2016 às 16:53:38
Usuários On-Line :  0363
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Arthur Garfield Dove
 
   
 
   
 
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 
Dove, Arthur Garfield
Canandaigua, Nova York, E.U. A., 1880
Centerpor, Nova York, E.U. A., 1946


Ilustrador e pintor, foi um dos pioneiros do modernismo americano. Filho de um fabricante de tijolos, ingressou na Universidade de Cornell para estudar Direito, a pedido do pai. Porém, logo abandonou esses estudos para dedicar-se à ilustração gráfica. Transferindo-se para Nova York em 1903, disposto a seguir essa carreira, logo começou a pintar.
Recém-casado, em 1908, partiu com a mulher para 15 meses na Europa. No sul da França, Dove passou a dedicar-se à pintura em tempo integral, uma pintura derivada de paisagens francesas e naturezas-mortas, com alguma influência fauvista. Em 1913, participou em Nova York do famoso Armory Show, organizado pela Sociedade dos Artistas Independentes. Esse evento marcou o lançamento da Arte Moderna nos Estados Unidos.
Decidido a viver de pintura e próximo à natureza, Dove mudou-se para Wesport, Connecticut, onde logo se enamorou dos detalhes da vegetação. Para sustentar a família, explorava uma fazendinha. Ali criou o que alguns críticos qualificaram de "as primeiras pinturas abstratas da história da arte", contemporâneas de W. Kandinsky, internacionalmente conhecido como o criador da pintura abstrata na Europa. Indiferente ao meio artístico de Nova York e isolado em sua casa, ainda assim tornou-se tema de discussão e a crítica mais exigente o apontava como líder do movimento modernista americano. Entre os primeiros a produzir pintura abstrata, Dove era intelectualmente engajado nos recentes desenvolvimentos das Ciências, Psicanálise, Filosofia e Arte. Foram esses conhecimentos inovadores que reforçaram sua antipatia pelo materialismo emergente de uma América cada vez mais industrializada e sua afeição - quase devoção - ao mundo natural. A pintura de Dove caracteriza-se pela mediação, calidez, entusiasmo, uma descrição heterodoxa de elementos intangíveis, tais como movimento, espaço e, acima de tudo, luz. Retratadas como formas e linhas abstratas, esses aspectos rapidamente evoluíram para uma linguagem formal.
Como a fazenda não deu certo, Dove volta como ilustrador para Nova York, porém, só quebra o bloqueio artístico em que vivia quando se separa de Florence e casa-se com a pintora Helen Torr, com quem viaja durante anos em um barco, pelas cercanias da costa de Long Island. Nessa fase produz colagens e telas a óleo com gravetos, cimento, peças de metal, cacos de vidro, bambu e explora um tipo mais abstrato de arte, a que chamou de pintura pura. "Flat Surfaces", sua última tela importante, embora formalmente abstrata, ainda pode ser descrita como uma destilação de formas naturais. Apesar de relativamente famoso enquanto vivo, depois de sua morte, seu trabalho foi obscurecido pela eclosão do Expressionismo abstrato norte-americano. Em conseqüência, suas obras foram consideradas provincianas e menores, até a década de 1970, quando estudiosos e críticos começaram a ver com novo interesse os fundadores do modernismo americano.

Júlio Meiron
Gabriela Suzana Wilder/Mac

 
19/02/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes