Logotipo
Atualizado : 10/12/2016 às 13:54:03
Usuários On-Line :  0193
Catálogo das Artes - Menu de navegação
      Detalhamento da Biografia do Artista
<< Voltar
 NOTA : Clique na(s) imagem(ns) para vê-la(s) ampliada(s).

Artista : Georges Braque
Algumas Obras do artista...

                             
 
   
 
 
 
                       
veja mais...
LINKS COM REFERÊNCIA AO ARTISTA
BIOGRAFIA
 
Braque, Georges
Argenteuil-sur-Seine, França, 1882
Paris, França, 1963

Pintor francês que, como Pablo Picasso, criou o Cubismo. Nasceu em 13 de maio de 1882, em Argenteuil-sur-Seine, próximo a Paris. Seguindo os passos do pai, Braque tornou-se pintor de paredes. Por volta de 1902, instalou-se em Paris para estudar Artes Plásticas.
Ficou muito impressionado com o estilo agressivo dos trabalhos expostos pelos fovistas, especialmente por Matisse e Andre Derain, que pintavam com massas de cores brilhantes e propunham uma estrutura muito livre de formas para captar maior intensidade emocional. Braque dialogou com esse estilo nos anos 1906 e 1907.
Por volta de 1908, voltou sua atenção para as pinturas de Paul Cézanne, concentrando seu interesse nas questões de distorção das formas e construção do espaço. Entre 1908 e 1913, Braque estudou intensamente os efeitos da luz, a perspectiva e as soluções técnicas que os vários artistas utilizavam para solucionar esses problemas. Em suas cenas de vilarejos, Braque introduzia uma estrutura geométrica, próxima de um cubo ou um prisma. Trabalhava a sombra de maneira a não se saber se tratava-se de um objeto plano ou tridimensional.
Pablo Picasso, com quem Braque trabalhou por volta de 1909, estava desenvolvendo uma pesquisa muito próxima na pintura. Ambos desenvolviam trabalhos com cores neutras e complexos sistemas de formas facetadas. Entre 1910 e 1912, esses artistas começaram a fazer experimentos com colagens, construindo imagens com materiais como jornais, pedaços de pano, rótulos, etc. Essa fértil união entre Braque e Picasso durou até 1914, quando Braque se alistou nas forças armadas, sendo seriamente ferido durante a Primeira Guerra Mundial.
Voltou à sua carreira artistica somente em 1917.
Depois da Guerra, Braque desenvolveu um estilo mais pessoal, caracterizado por cores brilhantes, surpefícies texturizadas e pelo reaparecimento da figura humana. Morreu em 31 de agosto de 1963, em Paris.

Carmem S. G. Aranha/Mac



 
19/02/2007

  LOGIN DE ASSINANTES - Guia de Preços
Clique Aqui
 
  LOGIN DE ANUNCIANTES - Ofertas Especiais
Clique Aqui
 
        Copyright © 2007 Catálogo das Artes